Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Lançamento do livro Contos de Natal

CONVITE

28.11.22, Olga Cardoso Pinto

convite contos de natal 22-01.png

O segundo livro dos Contos de Natal desta comunidade escritora, dos blogs do sapo, já nasceu! E este ano estamos muito felizes, pois o seu lançamento oficial será na Biblioteca Municipal da Ericeira Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva, dia 3 de dezembro pelas 11 horas.

Foi precisamente dia 3 de dezembro do ano passado, 2021, que o primeiro livro de Contos de Natal da Comunidade de Blogs foi publicado.

Esta iniciativa de escrita, como todos sabem, tem a autoria e maternidade da nossa Isabel e complementada com a dedicação do José da Xã, especialmente sem eles como agregadores, e todos nós como participantes, esta segunda publicação não existiria. 

Somos muitos nestas paixonetas pelos contos, alguns de nós quisemos repetir a façanha e outros são estreantes, e até conseguimos uma participação especial - a Alice Vieira!

Esta fantástica e inovadora iniciativa transformada em livro, é uma união pela escrita, criatividade e carinho pelas estórias de Natal. Cada um de nós expressa-se em prosa ou em verso, nestes contos bem embrulhadinhos de muita paixão e alegria que chegam para abrilhantar esta quadra tão bonita.

Fica o convite para o lançamento do nosso querido livro Contos de Natal num bonito lugar que é a Biblioteca Municipal da Ericeira, à qual agradeço a disponibilidade e bom acolhimento à iniciativa.

 

A nossa Comunidade de Blogs:

Diário de Fuga    Green Ideas   Busy as bee on a rainy day  That's It!  Because your smile make me live   Livros de cabeceira e outras histórias  Contos por Contar  1 Mulher  Folhas de Luar    Palhavras, escritasaborosas    Um Pássaro sem Poiso   Pessoas e Coisas da Vida    O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista    José da Xã    Cantinho da Casa  Com um Sorriso chegas ao Infinito    Educar (com)Vida    Marta Velha - Writer    Liberdade aos 42    Diários de uma quarentona  Cidade dos Leões  A Cor da Escrita    Desabafos    Generalidades  Dia de Hoje

 

Até sábado!

 

 

Misty Fest

Lisa Gerrard e Jules Maxwell - “Noyalain (Burn)”

24.11.22, Olga Cardoso Pinto

IMG_6369 (2).jpg

A belíssima Sala Suggia da Casa da Música, no Porto, encheu-se para receber os sons, cor e imagem deste concerto inspirador, arrebatadoramente intenso para mim.
As palavras ainda não existem para expressar o que senti. Na insuficiência delas, busco na minha mente e surgem estas: emotivo, sensorial, avassalador, MAGNÍFICO!
Jules Maxwell e Lisa Gerard estão em Portugal a preparar a apresentação mundial do seu álbum “Noyalain (Burn)”. Segundo Lisa “foi uma ato de Deus vir para Portugal”, e é assim que oiço a sua voz nas variantes melódicas que me conduzem a um estado de serenidade, quase meditação.

IMG_6373 (2).jpg

Jules Maxwell abriu o concerto com composições simbióticas entre música e imagem, preparando-nos para a segunda parte.
A segunda parte deste magnífico encontro, pertenceu à Diva, na presença e no talento, na sua voz singular de contralto que fez reverberar cada fibra do meu corpo e espírito. Cada composição é uma obra de arte, sem palavras de conhecido dialeto, pois dele nem precisa, a mensagem passa sem filtros, livre para cada recanto do nosso ser, graças à estupenda variação vocal e melodia dos sons orquestrados. Acompanharam-na na primeira interpretação dois bailarinos da companhia de Ballet do Douro, numa delicada performance.

Sigo a carreira de Lisa Gerard desde os meus 17 anos, talvez. Acalentei a esperança que um dia a veria em palco e ontem, dia 23/11, realizei este querer, graças ao presente que o meu filho Miguel me quis oferecer no meu aniversário. Obrigada filhote, obrigada Jorge por vivermos juntos estes momentos especiais.

Orion, a faixa que tanto adoro neste álbum foi espetacular! Ouvir assim Lisa em palco neste intenso contar de estórias, foi avassalador, sem palavras somente o som e a voz que me conduziu ao meu santuário.

BRAVO Jules! BRAVO Lisa!
Obrigada por estes momentos especiais.

 

Sobre o Misty Fest

Podem ler aqui a entrevista de Lisa Gerard no Observador

Sobre Lisa Gerard: visitar o site 

Sobre Jules Maxwell

 

Orion (The Weary Huntsman) Lisa Gerard e Jules Maxwell - álbum Burn

 

 

Escrever para crianças

18.11.22, Olga Cardoso Pinto

IMG_5062 (3).jpg

Esta fotografia, para mim, traduz o que é escrever para crianças.

Como é gratificante ouvir as suas opiniões sobre a estória e as ilustrações, olhá-las nos olhos e ver o brilho do encantamento que cada palavra e personagem desencadeia nas suas emoções. Emocionei-me, confesso, pois é isto que me preenche, que me faz querer muito contar-lhes estórias de encantar, com desenhos bonitos que as inspire à leitura e ao desenho.

Grata, Emanuel, pelas tuas palavras e apreciações.

Foto: Nuno Pinto

 

Apresentação de O Ministério das Criaturas Fantásticas

Biblioteca Municipal da Maia 12.11.22

14.11.22, Olga Cardoso Pinto

InkedIMG_4948.jpg

 

A sala do Café Concerto, da Biblioteca Municipal da Maia, foi pequena para receber tantos convidados que não quiserem perder a apresentação de O Ministério das Criaturas Fantásticas, na maravilhosa tarde ensolarada deste sábado, dia 12 de novembro.

Não consigo descrever a felicidade que senti ao ver tantos amigos, familiares, conhecidos (e até desconhecidos) e em especial as muitas crianças que animaram esta apresentação.

O meu sentido agradecimento:

À Carla Barreto e ao Jorge Silva pelo vosso apoio e participação, sem vocês esta apresentação não seria desta forma tão gratificante. 

À Biblioteca Municipal da Maia por me receber tão bem e a todos os convidados.

Pela presença e carinho da minha família, amigos e conhecidos. 

A todas as crianças que tornaram este momento tão mágico, cheio dessa graça inocente que abrilhantou o local.
Muito obrigada de coração a todos. Foi uma tarde muito feliz.

Obrigada meu querido filhote Nuno pela reportagem fotográfica e pela surpresa do stopmotion espetacular!

O meu amor e gratidão para vós - Jorge, Miguel e Nuno. O meu amor para a minha Mãe, a senhora com mais idade, próxima de completar 88 anos; o meu amor para a mais pequenina na sala - a minha querida neta Diti.

 

 

 

Apresentacao BMM 1.png

Apresentacao BMM 2.png

 

Crónicas em Aguarela

07.11.22, Olga Cardoso Pinto

Registos em aguarela, mas também em textos e fotografias de locais por onde vagueia o corpo e o espírito.

Santiago de Compostela
Santiago de Compostela recebe-nos de braços abertos, num afago fraternal. Acolhe-nos em boas-vindas. O peregrino entra, assim, no acolhimento do Santo que o guiou até à Praça do Obradoiro, a antecâmara da catedral onde a oração, o recolhimento e talvez um círio aceso devotamente, receberá o agradecimento da boa chegada, em paz, e de espírito purificado.
A Catedral insinua-se e obriga-nos a elevar ao céu os olhos cheios de luz e de gente que anseia entrar.
Vai-se o olhar habituando à meia-luz do interior. O altar-mor de reluzente enfeite, capta-nos a atenção, deliciados com tanto para absorver. Cada um destes visitantes, vindos de tanto mundo, contempla, ora ou simplesmente senta-se num dos bancos deixando-se invadir pela superioridade do monumento e das sensações que são despertadas.
Eu, deambulei por todo o lado, mas deixei-me ficar na Capela do Peregrino, tentando descodificar o que aquelas paredes, aqueles dizeres pintados no estuque, me confidenciavam, qual a mensagem que toda aquela sala transmitia. Penso que a compreendi, no meu humilde entendimento da religião mas também da história. Tudo neste local é simbólico, não será também assim na vida?

IMG_5824.jpg

 

Lalín, Pontevedra - Galiza
Fogar de Breogan
Ao chegar, o canto das aves recebe-nos. Os odores campestres invadem-nos as narinas, algo desperta com a envolvência de toda aquela vegetação amansada que se mistura com a agreste, típica do lugar. Todas as sensações acordam – o som, o odor, as cores e o olhar paira sobre a arquitetura da estalagem.
Fogar de Breogan remete-nos para uma viagem no tempo, para tempos em que as hospedarias se abriam para os peregrinos e viajantes de toda a Península Ibérica.
A pedra impera, assim como a madeira e o aconhego campestre. Um retiro que invoca um passado medieval e, a meu ver, até um vislumbre céltico paira no ambiente. Não se resiste a uma panóplia de fotografias e inspirações. As minhas transformaram-se numa aguarela.

IMG_5867.jpg

 

 

 

outubro de 2022

 

Quem me espera no caminho

04.11.22, Olga Cardoso Pinto

IMG_6232 (2).jpg

 

Quem me espera no caminho
Quem me aguarda ao partir
Sou andorinha de atavio
Com saudade a emergir

Fui longe. Sou perto
Num deambular cauteloso
Por trilho de jeito incerto
De cume alto e rochoso

Chegar não é destino certo
Partir não é futuro também
Tão depressa estou perto
Como longamente o caminho vem.

 

 

O Ministério das Criaturas Fantásticas

Apresentação

03.11.22, Olga Cardoso Pinto

criaturas blog_Samuel2.jpg

 

O Ministério das Criaturas Fantásticas


O mundo da fantasia está em risco de extinção. As crianças já não leem livros e os avós e os pais não lhes contam histórias que desafiem a sua imaginação. Os monstros e as criaturas que habitam neste mundo especial estão a desaparecer e é esta enorme preocupação pela sua sobrevivência que os leva a reunir no Ministério das Criaturas Fantásticas para encontrarem rápidas soluções, sob a chefia da Rainha das Fadas.
Após caricatos percalços, lá surge uma fadinha, a heroína desta história, com a sua fresca atitude para resolver tão trágico problema. Esta voluntariosa fada de nome Mariana, ainda estudante, será o elo da bonita ligação que se irá formar entre o mundo da fantasia e o mundo da imaginação das crianças.
Mariana irá inspirar, com as suas visitas e sussurros, um menino muito especial, o Samuel, e juntos tecerão o destino do Mundo das Criaturas Fantásticas, mantendo-o vivo e forte também na imaginação infantil.

 

“A magia de escrever um livro para crianças está na felicidade de as ver ler atentamente e a contemplar, com sorrisos nos lábios, a obra que nasceu do meu carinho pela infância e pela fantasia. Desejo que, esta estória, seja um pequeno esboço da centelha que iluminará o espírito de cada criança que lerá livros de fantasia.”

 

Booktrailer

 

Conheça algumas das personagens

criaturas blog_Ludomiro3.png

Olharapo Ludomiro

O Olharapo Ludomiro é um ser mítico do folclore português. É gigante e tem um só olho no meio da testa. Ludomiro é o conselheiro da Rainha das Fadas, o seu bom-senso e opinião é considerada por todos. Ele é muito respeitado por todas as Criaturas do Ministério, mas também tem um segredo, iremos conhecê-lo um dia?

criaturas blog_Coca3.png

Coca

É uma criatura muita antiga, nem sabemos qual é a sua idade. É uma espécie de dragão, grande e volumoso. A nossa Coca não é terrível, é uma criatura muito dócil e trapalhona. Ela adora crianças humanas, o seu maior sonho era poder abraçar uma sem a assustar. É um pouco gulosa, adora tomatinhos cherry e perde a cabeça quando vê um!
Quem não é capaz de simpatizar com ela?

criaturas blog_Mariana3.png

Fada Mariana

A fadinha Mariana, bondosa e dedicada, é quem salva o Mundo das Criaturas Fantásticas. Ela pertence à espécie das Fadas Sussurrantes, o seu número é pequeno pois são criaturas muito especiais. São elas quem sussurram coisas bonitas ao ouvido das crianças enquanto dormem, inspirando sonhos belos e agradáveis.
As fadas não podem aparecer aos humanos, pois correm o risco de morrerem.

criaturas blog_Samuel4.png

Samuel

O Samuel é um menino muito especial que adora ler. Inspirado pela Fada Mariana, vai cativar as crianças, que veem os seus vídeos, a lerem e a se interessarem pelo Mundo das Criaturas Fantásticas, salvando-o desta forma da extinção.

criaturas blog_Gloriana3.png

Fada Gloriana

A fada Gloriana é a rainha das fadas. É ela quem dirige o Ministério e administra o mundo mágico, tem a ajuda do olharapo Ludomiro para esta grande tarefa de muita responsabilidade. Gloriana é um pouco austera, porém, o seu bom coração ajuda-a a tomar muitas decisões difíceis, como foi a escolha da fadinha Mariana para salvar o mundo da magia.

criaturas blog_Tardos3.png

Tardos

Estes são os Tardos. São traquinas, barulhentos, comilões, alguns são mal-humorados, o que mais gostam é de pregar partidas às crianças!
Inspirei-me no nosso folclore e lendas portuguesas, rico em personagens míticas como estes Tardos ou Fradinhos da mão-furada, para lhes dar vida e cor.
Os nossos Tardos, estes que aqui vos apresento, causam tanto reboliço no Ministério que um dia ainda vão ficar de castigo!

criaturas blog_Mercador3.png

Mercador de Areia

O Mercador de Areia é um feiticeiro que transporta um saco com areia mágica - o pó do sono - que atira para os olhos das crianças, fazendo-as dormir. O nosso amigo Mercador vai ser essencial para o bom sucesso da demanda da fadinha Mariana.

 

 

oministerioda criaturas fantasticas_olgacardosopin

 

 

Dados da obra

Editora: Cordel d'Prata
Data da publicação: Agosto 2022
Páginas: 68
Idioma: Português
ISBN: 9789899106413
Depósito legal: 496795/22
Género: Infantil
Dimensões: 167 x 200 x 4 mm
Encadernação: capa mole

 

 

ONDE ADQUIRIR

Editora Cordel d'Prata

Wook

Bertrand

Livraria Salta Folhinhas

Livraria Ma Petite Librairie

 

 

MAIS SOBRE A AUTORA / ILUSTRADORA

Facebook

Instagram

Linkedin

Behance

Representação Internacional Jaamzin

 

 

O Ministério das Criaturas Fantásticas nasceu do carinho e do desejo de manter viva a fantasia, a imaginação e a criatividade nas crianças, motivando-as à leitura e ao desenho.
Por cada criança que lê, há uma fada que brilha no mundo da fantasia.

IMG_5885 (2).jpg

"Há um livro no qual o nome de uma criança especial poderá ficar gravado. Esse livro é a ligação ao mundo da fantasia onde será bordado o nome da criança a quem o ofereceres.
Esse livro é este – O Ministério das Criaturas Fantásticas, repleto de magia, aventura e muita fantasia onde a tua criança será feliz."

714ea6e9-0838-4eea-b303-3af36b1e0e44 (2).JPG

O sonho, a fantasia e a magia, são parte do imaginário e fazem tão bem, mesmo a nós adultos, são o outro lado da vida do quotidiano, das tarefas e obrigações, ajudam-nos ao equilíbrio e a relativizar. Quem não gosta de pegar num livro e alhear-se de tudo em volta, entrar na estória, torcer pela personagem que nos cativa?