Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

XVII Feira do Livro da Maia

1 a 10 de julho

29.06.23, Olga Cardoso Pinto

feira do livro maia 23.jpg

 

A Praça do Fórum da Maia engalanar-se-á para receber mais uma Feira do Livro, de um a dez de julho, celebrando a leitura e a literatura numa ambiente festivo onde não faltarão a música e muita animação.

A organização da XVII Feira do Livro pela Câmara Municipal da Maia, através da sua Biblioteca Municipal, oferecerá uma vasta programação direcionada para todas as idades e públicos, repleta de atividades, workshops e apresentações.

Ao longo de dez dias, as belas Terras da Maia terão os livros, os autores, os leitores e as editoras no seu coração, em plena cidade, motivando a bons momentos. Serão vinte stands de várias editoras, três palcos que acolherão cerca de quarenta atividades celebrando o livro e a literatura.

Fica o convite à visita, para muitas e boas leituras!

 

 

Ilustrar a história

28.06.23, Olga Cardoso Pinto

nabia_de volta à água17.jpg

"Nábia, a divindade das águas, a fonte da vida e do eterno retorno. Senhora do mundo aquático em permanente movimento, fluidez divina e natural onde tudo germina e se renova."

 

Nábia era a deusa dos rios e da água na mitologia galaica e lusitana, os nossos antepassados. O rio Navia, que nasce na Galiza, o rio Neiva, que corre por zonas de Braga (antiga capital da Galécia) e o rio Nabão que banha a cidade de Tomar, foram baptizados em sua homenagem. Nábia era especialmente adorada pelos Brácaros, tal como é comprovado pelas inscrições epigráficas em língua céltica na Fonte do Ídolo, em Braga (Bracara Augusta), e latina de Marecos (Penafiel).

 

Para ver a ilustração com qualidade, seguir o link do portefólio

 

Bucolismos

27.06.23, Olga Cardoso Pinto

IMG_7784.jpg

Bucólica

A vida é feita de nadas;
De grandes serras paradas
À espera de movimento;
De searas onduladas
Pelo vento;


De casas de moradia
Caiadas e com sinais
De ninhos que outrora havia
Nos beirais;

 

De poeira;
De ver esta maravilha:
Meu Pai a erguer uma videira
Como uma Mãe que faz a trança à filha.

 

Miguel Torga, in Diário I de 1941

Foto: Mixões da Serra - Vila Verde - Braga

 

Solstício de Verão

21.06.23, Olga Cardoso Pinto

Design sem nome.png"O final da tarde chegava de mansinho, mas o sol, ainda alto, tornaria este dia no mais longo do ano. Lá longe, perto do rio, preparavam-se as fogueiras que seriam purificadoras para quem as saltasse e afoitavam-se as gentes no cozinhar da ceia para festejar o solstício de verão - não faltaria o peixe, esse ser do rio, o pão força para o corpo e o vinho dádiva da natureza e transformada pelos homens.
Nabica carregava Brígida ao colo, a seu lado caminhava Dulce que levava na bolsa do cinto a foicinha de prata e no braço o cesto do ritual de colher as ervas medicinais – o manjerico e o visco, tinham-nas colhido ao nascer do dia. Ausinda, mais afastada por não conseguir acompanhar o andar das jovens mulheres, levava no seu cesto papoilas e camomila para queimar como oferta ao sol e a Endovélico*. Todas elas levavam ao pescoço um lenço amarelo tingido com cascas de cebola. Alegremente cantavam e juntar-se-iam às celebrações sob as copas dos carvalhos com o rio serpenteando por perto. A idosa apreciava à distância as duas jovens, queria-lhes como filhas, e naquele dia sentia-se feliz por ver Nabica, finalmente, a recuperar a sua vivacidade, o seu gosto pela vida e pela filha adorada!"

Iam as três animadas, embora Ausinda revelasse algum cansaço. Fora um dia muito preenchido, como sacerdotisas celtas tinham iniciado as suas atividades dedicadas ao seu culto desde o nascer do dia. Cultuaram as divindades com oferendas e cânticos, em especial a Endovélico pedindo-lhe proteção e saúde, a Lug divindade solar que dá força à terra para gerar as culturas, a Atégina solicitando a sua bondade para com os solos férteis, a Nabia deusa das águas correntes para que estas não faltassem para a terra e a Sucellos para que protegesse a agricultura e as suas amadas florestas. De forma recatada fizeram as suas celebrações, sem sacrifício de animais, há muito que o tinham abandonado com receio de serem acusadas de heresia pela igreja e pelos vizinhos cristãos.

 

______________________________________________________________________
*Endovélico: O grande Deus dos Lusitanos. Adorado pela sua versatilidade. Deus da medicina, da cura e da terra, do mundo subterrâneo, protetor da vida após a morte. O seu culto era abrangente em toda a Península Ibérica, sendo que também os Romanos o adotaram aquando da sua chegada à Península.

 

Excerto do romance O Abraço do Freixo, por Olga Cardoso Pinto

 

 

A arte da ilustração

16.06.23, Olga Cardoso Pinto

livros4.png

 

Ilustração editorial:

livros, revistas, cartazes e outros trabalhos artísticos.

 

Pode conhecer o Portefólio aqui

e a minha Página no Facebook

 

Contacto:

olgacpinto.autora.ilustradora@gmail.com

 

 

Ilustrar é iluminar, é tornar ilustre cada publicação

 

 

Maia BD

Festival Internacional de Banda Desenhada

12.06.23, Olga Cardoso Pinto

MAIABD2023_CARTAZ.png

MAIA BD
FESTIVAL INTERNACIONAL DE BANDA DESENHADA
16, 17 E 18 DE JUNHO
FÓRUM DA MAIA


Nos próximos dias 16, 17 e 18 de junho, o melhor da banda desenhada vai chegar à Maia. A 1.ª edição do Maia BD, uma iniciativa da Câmara Municipal da Maia com produção da cooperativa editorial A Seita, vai trazer ao Fórum da Maia um conjunto de atividades que irão tornar a banda desenhada o centro das atenções. O evento vai dar palco a alguns dos autores e artistas nacionais e internacionais mais reputados da atualidade, onde não faltarão lançamentos de novidades editoriais, representativos dos mais variados estilos e sensibilidades da BD. Para além de reunir autores, artistas e editores em mesas redondas e sessões de autógrafos, o festival desenvolve uma programação ligada à BD com exposições, cinema de animação, ilustração, cosplay, workshops e feira do livro. De entrada gratuita e aberto a todos os públicos e idades, junta-te ao Maia BD nesta celebração da banda desenhada.


CONVIDADOS

André Diniz, André Lima Araújo, André Morgado, André Oliveira, Bernardo Majer, Canizales, Carlos Silva, Filipe Abranches, Filipe Andrade, Filipe Melo, Georges Bess, Joana Afonso, Joana Mosi, João Miguel Lameiras, João Sequeira, João Soares, Luís Louro, Manuel Morgado, Marco Gomes, Marco Mendes, Nuno Markl, Paulo J. Mendes, Pedro Moura, Penim Loureiro, Rita Alfaiate.

 

Saber mais:

Instagram

Facebook

 

 

Ilustração de Retrato

05.06.23, Olga Cardoso Pinto

É com o desenho que me identifico, a praia onde me sinto plena em criatividade. A ilustração, desde muito cedo, definiu o meu rumo artístico em termos profissionais e como forma de ser e de viver. 
Já algum tempo que sou desafiada a partilhar estes meus "dotes", se assim se poderá dizer, nas minhas redes sociais, disponibilizando a todos aqueles que procuram o perpetuar de um momento, de uma fase da vida ou uma memória, num registo artístico - o retrato.
Estes retratos personalizados são desenhados à mão, tal como o faço em papel e lápis grafite e coloridos a aguarela, somente o suporte difere sendo em formato digital - fácil de enviar para qualquer parte do mundo e rápido de imprimir. Modernidades que me permitem viajar para muitos lares, através do meu traço e cor, ou seja, um pouco de mim para quem aprecia este tipo de trabalho.
Se pretender mais informação sobre a ilustração de retrato, pode contactar-me para o email olgacpinto.autora.ilustradora@gmail.com

Convido a conhecer o meu portefólio de ilustradora no Behance.

Obrigada

 

 

Pág. 1/2