Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Papoilas para Ti

15.05.19, Olga Cardoso Pinto
  São Papoilas bem vermelhas, São Papoilas de jardim, Desses imensos campos Onde te esqueces de mim!   Estas Papoilas de sangue Que medram nos trigais São o grito de liberdade Para que não me prendas mais!   Somos Papoilas vivas Embaladas pelo vento, Abraçamo-nos de dia E por Ceres, beijamo-nos ao relento!

Não há outra Terra

07.05.19, Olga Cardoso Pinto
  Ontem li o artigo do Expresso “Há um milhão de espécies em vias de extinção. E a culpa é nossa” por Liliana Coelho, sobre o alerta feito pela Plataforma Intergovernamental de Biodiversidade e Serviços Ecossistémicos (IPBES), grupo de especialistas da ONU. O alerta vem através de um relatório, divulgado esta segunda-feira (06/05/19), que reuniu dados recolhidos ao longo de três (...)

Dia da Mãe

05.05.19, Olga Cardoso Pinto
  As Mãos de minha Mãe   As Mãos de minha Mãe são pequenas, mas fortes Amparam-me na vida como dois suportes.   As Mãos de minha Mãe são o mapa da vida Da tristeza passada, Da alegria perdida.   As Mãos de minha Mãe são um livro aberto, Da pujança perdida, Do alimento incerto.   Mãos que se abrem para segurar O bebé trémulo que aprende a andar.   Mãos que se abrem para consolar, Dando-nos forças para continuar.   Mãos que se abrem para prevenir Uma advertência (...)

Dia Mundial do Livro

23.04.19, Olga Cardoso Pinto
  "A leitura de um bom livro é um diálogo incessante: o livro fala e a alma responde." André Maurois   Origem da palavra livro O termo livro deriva do latim liber, a camada fina entre a casca e o tronco da árvore, que depois de extraída dá origem ao papel. As línguas originárias do latim tomam este termo sendo semelhante em espanhol e italiano - libro, e em francês - livre. O mais curioso é que também nas línguas germânicas o nome provém de uma árvore - bokis = book, em (...)

Dia Mundial da Terra

22.04.19, Olga Cardoso Pinto
  Ó Minha Terra, Ó Meu Lar Eu Te habito, em Ti vivo Todos os Seres em Ti e de Ti vivem Qual Família Como posso eu desonrar a minha Família, o meu Lar e o meu Ser? Sou da Terra, meu planeta Quanta ignorância e afronta sofres Tu Todos os seres sencientes Te honram, compreendem Menos Eu ser inteligente, insensível e usurpador Quantos em Ti morrem, extinguem-se pela minha mão Ó Minha Terra Ó Meu Lar Insignificante sou Eu que não Te respeito Não Te vejo em todo o teu esplendor Maje (...)

Homenagem a Maria Alberta Menéres

16.04.19, Olga Cardoso Pinto
  Quando alguém se sente triste e com vontade de chorar por não saber de ninguém que queira vir conversar, eu apareço, eu apareço e digo como há de sonhar.   Quando alguém sente a sua vida bem mais pesada que leve, só porque julga que já teve mais forças para suportar eu apareço, eu apareço e digo como há de sonhar.   À Beira do Lago dos Encantos de Maria Alberta Menéres