Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

LEV - Literatura em Viagem

Entrevista a Isabel Allende

13.05.20, Olga Cardoso Pinto
Se gostam de ler Isabel Allende, convido à visualização da entrevista dada hoje ao LEV - Literatura em Viagem, na sua 14ª edição, que decorre entre 13 e 17 de maio, em streaming. Vale bem a pena assistir, com a moderação de Hélder Gomes e conhecer melhor esta grande senhora da literatura histórica e de memórias, eu adoro os seus livros e a sua escrita. Desfrute aqui a entrevista (...)

Dia Mundial da Língua Portuguesa

Todos os sentidos numa língua

05.05.20, Olga Cardoso Pinto
A língua portuguesa é a mais melodiosa das línguas. Revolve-se a língua, órgão musculado, na boca quando falamos português, acentuam-se as consoantes e expressam-se os Ss em palavras que levam sopros de brisas marítimas no bichanar. As palavras cantadas resultam nas mais belas melodias e os poemas declamados fazem brotar flores nos sentimentos. A língua portuguesa é antiga, sábia em misturas que se perderam no tempo, espalhada como semente por tantos cantos deste mundo. (...)

Boas leituras

27.04.20, Olga Cardoso Pinto
A sugestão de leitura para hoje é O Castelo, do autor Luís Zueco, sob a chancela da editora Alma dos Livros. É uma interessante história ficcionada, inspirada na vida real - a construção do Castelo-Abadia de Loarre, uma fortaleza de traça românica que se situa entre a planície e os Pirinéus aragoneses, Espanha. Este romance histórico prendeu-me da primeira à última página, passado na Idade Média, uma época de grandes conturbações, de grandes feitos e fonte de muitas (...)

Pomba da Liberdade

25.04.20, Olga Cardoso Pinto
Passaste pela alta janela, nesse voo rasante Quis ir contigo no teu destino e mais adiante Deixei voar contigo o meu esperançoso pensamento Ansiando por novos dias luminosos e por novo alento Ir livremente e sem amarras contigo viajar Ver-te em cada nascer do sol, na alvorada a despontar Esperança, fé e alegria serão sempre o meu sentir Por ti Liberdade, em abril e sempre no tempo a sobrevir.   A convite da amiga MJP do blog Liberdade aos 42 (...)

Dia mundial do Livro

23.04.20, Olga Cardoso Pinto
Ler um livro é abrir portas, deixarmo-nos ir numa viagem desconhecida, envolvermo-nos na história, confidenciarmos com as personagens. Ler um livro é despertar memórias, vivenciar situações e realidades, conhecer outros mundos e novos sentimentos. Escrever um livro é doação, é convidar estranhos para um mundo inventado ou inspirado. Escrever um livro é contar histórias, é dar-se em palavras, é convite ao sonho. Livros são acontecimentos onde a palavra escrita pode ser (...)

Dia Mundial da Terra

22.04.20, Olga Cardoso Pinto
"Nunca o homem inventará nada mais simples nem mais belo do que uma manifestação da natureza. Dada a causa, a natureza produz o efeito no modo mais breve em que pode ser produzido." Leonardo da Vinci Amar, Proteger, Respeitar este planeta Terra que nos acolhe Imgem: Nábia dando água ao mundo, autoria Olga Cardoso Pinto

A beleza da Natureza na cidade

20.04.20, Olga Cardoso Pinto
«A natureza pinta para nós, dia após dia, quadros de infinita beleza se tivermos olhos para ver...» John Ruskin (Inglaterra 1819-1900) - escritor, crítico de arte, sociólogo, apaixonado pelo desenho e pela música. Foto: Igreja de Nª Srª do O em Águas Santas, Maia, com as suas Olaias (ou árvore de Judas ou árvore do Amor) em flor.  Igreja românica, fazia parte do antiquíssimo Mosteiro desaparecido, muito alterada pela justaposição de vários corpos novos nos séc. XIV, (...)

Inspiração

03.04.20, Olga Cardoso Pinto
Uma inconfundível voz numa bela música! Quantas recordações traz...depois de tantos anos ainda a oiço em casa, quando vou a conduzir, bem alto. Ups! A próxima vez que viajar de carro irá ser a primeira música a ouvir, prometo. Adoro a música de Peter Murphy não só a sonoridade mas também a poesia enigmática das letras, como esta Hit Song bem significativa para estes tempos em que vivemos. Espero que apreciem também ou relembrem com gosto, Bjs   Hit Song Peter Murphy Walkin (...)