Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

A Fada

12.02.20, Olga Cardoso Pinto
Tenho uma fada que me fala ao ouvido «Faz isso bem, escreve o que te digo!» Uma fada irreverente que me fala sem parar Que me inspira, me envolve, noite e dia sem cansar É um ser alado, de beleza sem igual Por vezes mal-humorado, outras vezes jovial «Desenha assim, repara no traço, olha essa cor! Escreve com o coração, escolhe as palavras, tudo é amor!» Esta fada inoportuna, picuinhas e matreira É bem minha, pessoal, uma amiga e companheira.   Imagem: pintura de John Austen (...)

A Gaudí

24.01.20, Olga Cardoso Pinto
“A ornamentação foi, é e será colorida. A natureza não nos apresenta nenhum objeto monotonamente uniforme. Tudo na vegetação, geologia, topografia, reino animal, mantém sempre um contraste de cores mais ou menos vívido [...] ". Antoni Gaudí   O artista que mais admiro, pelo seu talento e visão, pela sua versatilidade e forma de se inspirar na natureza para criar obras tão belas, que ainda hoje nos admiram face a tanta criatividade e arrojo! 

Pintando imaginários

29.10.19, Olga Cardoso Pinto
Nábia dando água ao Mundo, por Olga Cardoso Pinto Pintura a óleo sobre tela. Retrata a deusa pagã Nábia, divindade das águas, dos rios e das nascentes. Citando Carlos Gomes, jornalista licenciado em História, no seu Blogue do Minho: "...Nábia foi uma das divindades mais veneradas na faixa ocidental da Península Ibérica ou seja, a área que actualmente corresponde a Portugal e à Galiza, (...)

Expressões

17.09.19, Olga Cardoso Pinto
O desenho e a pintura sempre fizeram parte mim, através deles exprimo os meus pensamentos, as minhas paixões, sentimentos e ideias. Tal como a escrita, são o veículo para me sentir realizada e oferecer aos outros outras perspetivas sobre o que nos rodeia. Aqui ficam desenhos para os estudos anatómicos dos olhos, nariz e boca.      

Leituras e Releituras para este verão

08.07.19, Olga Cardoso Pinto
Tenho sempre um livro para ler, em qualquer estação, sejam férias ou não! Quando tal não acontece parece que me sinto perdida! Se não há livro novo, releio o que há nas prateleiras! É o caso das minhas escolhas para as leituras de verão: três novidades e duas releituras.  Aqui vão eles: O Invisível de Rui Lage Todos os dias morrem deuses de António Tavares O rapaz escondido de Katherine Marsh Terra Sonâmbula de Mia Couto, a releitura E como estamos no ano em que celebramos (...)

Não há outra Terra

07.05.19, Olga Cardoso Pinto
  Ontem li o artigo do Expresso “Há um milhão de espécies em vias de extinção. E a culpa é nossa” por Liliana Coelho, sobre o alerta feito pela Plataforma Intergovernamental de Biodiversidade e Serviços Ecossistémicos (IPBES), grupo de especialistas da ONU. O alerta vem através de um relatório, divulgado esta segunda-feira (06/05/19), que reuniu dados recolhidos ao longo de três (...)