Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

A mensagem na Arte

26.09.21, Olga Cardoso Pinto

Exposição SCA.jpg

Partilho a minha obra "Esperança / Hope", ilustração digital sobre papel Glicée, exposta na 35ª Exposição de Sócios da Cooperativa Árvore, na Fundação Manuel António da Mota.

Esta ilustração foi motivada para os novos tempos que se querem viver; para voltarmos a esperançar por dias mais leves sem a pandemia a pairar sobre nós.

Este trabalho, ao qual me didiquei ao longo de muitos dias de preparação e execução, também é um desejo transposto para uma mensagem visual: o mais profundo e inocente do nosso sentir, seja na nossa alma ou espírito, se revele para o exterior, para o outro. Deixemo-lo germinar e florir tal como a bela açucena, e ascender como a hera em direção à luz. De fundo, discretamente mas dando sentido à composição, a Roda da Vida dividida em quatro braços - o nascimento, a juventude, a adultez e a velhice. A Mulher de peito aberto, vestida por flores e plantas, segura um pequeno pássaro que lhe prende a atenção. Saibamos ouvir, sentir a Natureza e a Felicidade e Alegria que ela nos pode trazer pela voz de uma ave, como o Azulão da ilustração, saibamos ouvir a mensagem: " Ave que poisas na minha Alma, canta-me melodias de Esperança".

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.