Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Esta paixão maluca que é escrever!

15.10.19, Olga Cardoso Pinto

escrever.jpg

Andar quase sempre com a cabeça nas nuvens, decifrando o mais ínfimo das coisas… a atenção está sempre nos pormenores – na inconstância dos dias, do tempo, das notícias, das histórias… ah, as histórias ouvidas aqui e ali. Acontecimentos reais, vidas feitas, passadas, pessoas que existem ou existiram num turbilhão de acontecimentos, existências desfiadas e recontadas para além do tempo…isto é o sumo para o contar! Contar em palavras que surgem como as cerejas. Passar para palavras as imagens que se formam dentro de nós, impetuosas, com uma vontade própria para viverem para além das memórias! Fotografias e cartas que se leem, que nos absorvem e levam para aqueles lugares, para aqueles anos…

Escrever sobre tudo e sobre nada. Tudo aquilo que foi, que é e que poderá vir a ser. Nada sobre o passado que já foi, sobre o agora que nada e tudo nos diz e sobre um advir que poderá ser tudo!

Escrever é ilustrar por palavras um livro, um conto, uma história que nasce para ser lida com a mesma paixão com que é escrita!

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.