Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Navegar

09.05.24, Olga Cardoso Pinto

IMG_9438.JPG

 

 

Construí um barco que me levaria num caminho líquido,

Deslumbrante, estável e seguro

Ninguém me disse que a viagem seria calma,

Pois o mar nem sempre é assim

Embarquei crente que a maré me levaria num embalo,

Porém a tormenta sempre espreita

Sopravam ventos favoráveis e o sol refletia um desejo

Viajava feliz e incauta no espelho das águas 

Ribombou no céu a tormenta levando-me para longe

Fiquei perdida em alto-mar, sem rumo nem guia

E surgiste tu salvando-me da vaga, da profundidade da água

Envolveste-me num abraço como um salva-vidas

Resgatando-me para o alto, navegando pelos céus do mundo

Num balão soprado pelos ventos, acima das nuvens

Onde juntos vemos o mar, as marés e os astros que se acendem pela noitinha...