Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

No meu dongo

18.01.19, Olga Cardoso Pinto

image.jpeg

 

Fui aventureiro, vingador e cavaleiro

Marinheiro de água salgada, lutador por várias causas!

 

Em tardes cálidas e felizes, parti cavalgando as ondas serenas

E naquela baía ficaram as lembranças das vezes que contigo zarpei

Ao largo vislumbro a cidade,

A jovem morena testemunhou as aventuras que contigo inventei!

 

Foram mergulhos fundos no mar quente, com a pele tisnada e os cabelos soltos!

Fui menino, jovem fui, homem me tornei e Pai fui por Amor!

 

Contigo, meu dongo, navego agora no mar infinito

Eternamente aquecido pelo sol Africano e embalado pela brisa atlântica...

No meu querido "Flecha"!

 

 

Em memória do meu querido Pai

ilustração digital

 

 

 

2 comentários

  • Agradeço amigo Rui as suas palavras.
    Bjs
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.