Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Escrever para crianças

18.11.22, Olga Cardoso Pinto
Esta fotografia, para mim, traduz o que é escrever para crianças. Como é gratificante ouvir as suas opiniões sobre a estória e as ilustrações, olhá-las nos olhos e ver o brilho do encantamento que cada palavra e personagem desencadeia nas suas emoções. Emocionei-me, confesso, pois é isto que me preenche, que me faz querer muito contar-lhes estórias de encantar, com desenhos bonitos que as inspire à leitura e ao desenho. Grata, Emanuel, pelas tuas palavras e apreciações. Fot (...)

O Ministério das Criaturas Fantásticas

Apresentação

03.11.22, Olga Cardoso Pinto
  O Ministério das Criaturas Fantásticas O mundo da fantasia está em risco de extinção. As crianças já não leem livros e os avós e os pais não lhes contam histórias que desafiem a sua imaginação. Os monstros e as criaturas que habitam neste mundo especial estão a desaparecer e é esta enorme preocupação pela sua sobrevivência que os leva a reunir no Ministério das Criaturas Fantásticas para encontrarem rápidas soluções, sob a chefia da Rainha das Fadas. Após (...)

Convite

36ª Exposição Cooperativa Árvore

11.10.22, Olga Cardoso Pinto
É com imenso gosto que vos convido para a inauguração da 36ª Exposição Coletiva da Árvore, dia 14 de outubro pelas 15:30h, na Fundação Manuel António da Mota, no Mercado do Bom Sucesso - Porto. Estarei presente com a minha obra "Assumptio", pintura em aguarela de café sobre papel. Terei muito prazer na vossa presença que, desde já, agradeço. Até breve!  

Realidades

10.10.22, Olga Cardoso Pinto
Contemplar, gostar, observar, interiorizar, esboçar e pintar. São as fases da criação artística. A obra que nasce das mãos e cérebro de um artista pode ser a representação fiel ou não da realidade observada; poderá ser um misto da realidade contemplada com a interferência das minhas experiências e vivências, daí a riqueza de cada obra. Vários autores produzem obras díspares da mesma realidade. Não será assim também com todos os que não são artistas? A realidade pode (...)

Inspirações

30.09.22, Olga Cardoso Pinto
Eleva-se o espírito na procura de bem-estar. A serenidade dos dias encontra-se em breves momentos, na escuta de uma melodia, na leitura de um livro, na escrita de um soneto, no desenhar em filigrana pura os contornos do teu rosto. Evoco em mim momentos passados e transporto-me para outra realidade, talvez outras vidas em mundos paralelos que giram em tempos e contagens diferentes. Sou eu, mas flutuo em direção à luz, vêm a mim centelhas luminescentes que em meu peito se dissolvem. (...)

Sobre escrever e ilustrar para a infância

29.09.22, Olga Cardoso Pinto
Um livro publicado não significa só o culminar de um sonho, o desfecho de um projeto. Publicar é a porta para se entrar noutra divisão, talvez noutro nível da construção que será a vida de um autor estreante nestas difíceis lides dos livros. Ter um livro infantil publicado é sem dúvida uma alegria imensa, pois é a concretização de um longo trabalho, de escrita, edição, ilustração; porém o outro maior desafio é faze-lo chegar às crianças, pelo menos esta é a minha (...)

Sabedoria

19.09.22, Olga Cardoso Pinto
Sabedoria Desde que tudo me cansa, Comecei eu a viver. Comecei a viver sem esperança... E venha a morte quando Deus quiser. Dantes, ou muito ou pouco, Sempre esperara: Às vezes, tanto, que o meu sonho louco Voava das estrelas à mais rara; Outras, tão pouco, Que ninguém mais com tal se conformara. Hoje, é que nada espero. Para quê, esperar? Sei que já nada é meu senão se o não tiver; Se quero, é só enquanto apenas quero; Só de longe, e secreto, é que inda posso amar... E (...)

Feliz Citação

16.09.22, Olga Cardoso Pinto
"Observe com olhos brilhantes o mundo inteiro ao seu redor, porque os maiores segredos estão sempre escondidos nos lugares mais improváveis. Quem não acredita em magia nunca a encontrará."   Roald Dahl Roald Dahl - escritor britânico de obras infantis e para adultos, autor de “Charlie e a Fábrica de Chocolates”, “Matilda”; “Nunca cresças”, “Senhor Raposo” entre muitos outros. A magia de escrever um livro para crianças está na felicidade de as ver ler (...)