Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Desfiando desafios

22.05.24, Olga Cardoso Pinto
    Um livro, muitas estórias e uma capa. Este é o último livro do nosso querido amigo José da Xã a quem agradeço por, mais uma vez, ter confiado na minha criatividade para criar a roupagem envolvente dos seus contos maravilhosos. O título bem sugestivo - De(s)afiando Contos - traz-nos uma compilação de textos de excelente enredo, humor e humanidade em estórias rurais, quase tiradas a papel químico (...)

Ser Sol

26.04.24, Olga Cardoso Pinto
Um sol Pode ser tudo Pode ser algo que ilumine Irradiando energia na nossa vida Pode ser o sol no céu azul O sol da meia-noite A lua iluminando as trevas Pode ser alguém no teu caminho Uma flor do teu jardim... Podes ser tu, posso ser eu...    

19 anos felinos

09.04.24, Olga Cardoso Pinto
  🎂   A minha gatinha, a Cookie, completa hoje 19 anos! Um feito para um gato, desculpem, uma gata. É a nossa companheira desde os 5 meses, partilhando a sua vida com os "manos" que cresceram com ela. E, para festejar, hoje terá mimos a dobrar e este poema/estória que lhe é dedicado.    Cookie Rinhonha A Gata Cookie Rinhonha É uma doçura parecendo gente Sempre esbelta e nada panhonha Sem nunca ter usado pente À janela gosta de estar No seu ripanço felino Também gosta de (...)

Dia Internacional do Livro Infantil

02.04.24, Olga Cardoso Pinto
Hoje celebra-se o Dia Internacional do Livro Infantil, a data escolhida por ser o dia de nascimento do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, em 1805. Como imagem escolhi o meu pequeno livro cheio de aventuras e desafios, escrito e ilustrado com muito carinho para todas as crianças que o possam apreciar. É uma aventura cheia de desafios, protagonizada por uma fada aprendiza e por um rapaz muito especial, unidos por uma ligação mágica entre dois mundos em perigo. O (...)

Um caminho para muitos destinos

01.04.24, Olga Cardoso Pinto
  Neste caminho há muitos destinos à espera... Muito azul sem ser de mar, Muita água sem ser de navegar. Há uma imensidão de campo, De sonhos que quero tanto, De tempo dado sem contrapartida, Reaver aquela joia dada como perdida, De altas serras, de prados sem fim... E ter-te sempre junto de mim, De uma nova vida, de liberdade a inspirar, Olhar contigo o caminho a nos enlaçar.       Fotos: recantos do meu querido Minho   Para ouvir, enquanto lê: Nina June - Moon over the Sun (...)

Viagem emocional

Mosteiro de Santa Maria das Júnias

01.03.24, Olga Cardoso Pinto
  O Mosteiro, as suas ruínas e ainda a persistente igreja existente de Santa Maria das Júnias, nos arredores de Pitões das Júnias, em Montalegre, Vila Real, com acesso pelo Parque Nacional Peneda-Gerês, é um lugar místico. Situado num vale estreito, longe de populações e da modernidade, desafia as eras e o passar do tempo. Após uma caminhada não muito esforçada, mas que não é para todas as pernas, chegamos ao caminho empedrado que lhe dá acesso. Logo aí, preparamo-nos (...)

Novos Horizontes

20.02.24, Olga Cardoso Pinto
    A meus pés encontram-se novos caminhos, muitas distâncias, ainda, para calcorrear a teu lado. Muitos horizontes se podem abrir se aceitarmos esta preciosa dádiva, esta paz de espírito, esta inspiração. Ao teu lado necessito de ver a calmaria dos dias, a colheita em nossas mãos de horas a construir um retiro, onde aceitaremos a bondade do cosmos, do tempo e da vida. Novos horizontes se revelam, desde a esperança e o sonho para a liberdade, basta abrirmos as asas ao vento e (...)

Fotos do meu álbum

12.01.24, Olga Cardoso Pinto
    Caminho líquido, Onde deixo mergulhar a imaginação, de tempos idos, de uma recordação. De uma recordação de quem fui, de quem hoje sou. A inspiração nasce e flui numa braçada, de mergulho profundo até às profundezas da divagação. Neste texto corrido, divago em poesia, conto de memória esta emoção, esta alegria. Um momento singular de estar contigo, sem tempo nem lugar, apenas te desfrutar, te sentir, ser amigo. Levei comigo as almas de quem já voou, numa (...)

Ano Novo

04.01.24, Olga Cardoso Pinto
💝 Que o sol radioso entre nas nossas vidas Que o verde intenso invada  os nossos dias Que o azul do céu seja a nossa ambição  Para um novo ano pleno em alegria   Bom ano de 2024 💝    

Natal ´23

22.12.23, Olga Cardoso Pinto
    Votos de Feliz Natal para todos que visitam este cantinho. Que seja um Natal com muita sáude, alegria, desfrutado em família, em boa companhia, cheio de sinceros sentimentos de paz e carinho. O meu abraço para todos vós e obrigada por mais um Natal partilhado convosco.