Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Escrever é...

29.09.20, Olga Cardoso Pinto
Escrever é desprender-se do tempo, soltar amarras, criar estórias e tecer vidas É reinventar-se, ser controverso, imaginar mundos, ser ilusão É tocar outros, fazê-los sonhar, inspirar felicidade Escrever é realização, alegria imensa, uma paixão    

Escrita e ilustração

Conto «A Primavera num Arco-Íris»

12.08.20, Olga Cardoso Pinto
Sinopse *** O mundo como o conhecemos transformou-se, obrigado a parar e a fechar-se por um vírus desconhecido que foi deixando à sua passagem um elevado número de infetados e mortos. O medo do contágio levou cidades inteiras a ficarem desertas de gente, algo impensável nestes nossos tempos modernos. O ano de 2020 viu a primavera desabrochar por dentro das vidraças das janelas e das varandas. Em família ou em solidão cada um recolhia-se, colocando em pausa a vida do atribulado (...)

Sentimentos em Poesia

09.06.20, Olga Cardoso Pinto
Respeito=Humanidade   A poalha dos dias traz uma letargia dormente Nesta cidade sem vida, tão vazia de gente Desse respeito ausente e de tão pouca igualdade Chamam-nos de Ser Inteligente Mas de tão parca Humanidade Que seja um só sentir, uma só emoção De uma Liberdade sem Preconceito Batendo com Respeito Feito Uno o Coração.  

Dia da Espiga

21.05.20, Olga Cardoso Pinto
O Dia da Espiga celebra-se a 21 de maio. É uma tradição antiquíssima de origem pagã, originária dos povos lusitanos, descendentes da cultura celta, que cultuavam os deuses, pedindo-lhes proteção neste caso para as primeiras colheitas. Este dia marcava o início de um novo ciclo, a primavera, que era celebrado com danças, cantares e repouso, desde o nascer até ao final do dia. A tradição manteve-se na cultura portuguesa, sendo assimilada pelo cristianismo passando a celebrar-se (...)

Boas leituras

27.04.20, Olga Cardoso Pinto
A sugestão de leitura para hoje é O Castelo, do autor Luís Zueco, sob a chancela da editora Alma dos Livros. É uma interessante história ficcionada, inspirada na vida real - a construção do Castelo-Abadia de Loarre, uma fortaleza de traça românica que se situa entre a planície e os Pirinéus aragoneses, Espanha. Este romance histórico prendeu-me da primeira à última página, passado na Idade Média, uma época de grandes conturbações, de grandes feitos e fonte de muitas (...)

O respirar da Terra

Texto de opinião

24.04.20, Olga Cardoso Pinto
Uma peça a elogiar - a abertura do Jornal das 8 da TVI, pelo jornalista José Alberto de Carvalho, sobre a comemoração do Dia Mundial da Terra, emotiva e que me comoveu, eu uma humilde habitante deste lugar partilhado por tantos outros seres. Mas fica a questão: depois de tudo passar e existir vacina para este vírus, será que voltaremos a dar importância ao Dia Mundial da Terra? Ou foi só neste dia em que a Humanidade privada da sua liberdade, parada nas suas atividades, se deu (...)

Bons livros

Autores Portugueses

30.03.20, Olga Cardoso Pinto
Nestes tempos em que estamos mais por casa, nada como pormos a leitura em dia. Há bons livros atuais para deixarmos a nossa mente divagar um pouco, aprender e distrairmo-nos por umas horas. Do meu ponto de vista, precisamos de leituras boas, educativas e bonitas, esqueçamos leituras pesadas que nos remetam para a atual situação de pandemia, para tal temos muita informação a correr nos meios de comunicação. A nossa mente necessita de repouso e estas leituras permitem isso mesmo, um (...)