Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Inspiração

Skye - Clock to Stop

28.07.20, Olga Cardoso Pinto
E o relógio gira, roda, vira o tempo que não é nosso...   Skye - Clock To Stop  Album: Keeping Secrets It's all good it's alright Cut the strings to the kite Send it flying Who's to say What this means There's some truth In between Where we're lying Here's to happiness Caving in on us And the clock on the wall Says it's quarter past going too well As you go round again Half way to heaven You do a one-eighty for hell What goes up comes down again Falling stumbling crawling out of love Te (...)

Histórias Infantis ilustradas

O Caracol quer ver o Mar

23.07.20, Olga Cardoso Pinto
O Caracol quer ver o Mar Caracol, caracolinho No seu vagar vai andando Deslizando pelo caminho Sempre congeminando Fantasia e divaga Nesse seu lento caminhar Ansiando por ver a vaga Que se forma em alto mar Nunca viu nada do mundo A não ser a relva e chão Mas bem lá no fundo Vai acalentando a ilusão ... Excerto da história infantil «O Caracol quer ver o Mar» por Olga Cardoso Pinto  

Sentimentos em Poesia

09.06.20, Olga Cardoso Pinto
Respeito=Humanidade   A poalha dos dias traz uma letargia dormente Nesta cidade sem vida, tão vazia de gente Desse respeito ausente e de tão pouca igualdade Chamam-nos de Ser Inteligente Mas de tão parca Humanidade Que seja um só sentir, uma só emoção De uma Liberdade sem Preconceito Batendo com Respeito Feito Uno o Coração.  

Dia da Criança

01.06.20, Olga Cardoso Pinto
Leilão de Jardim Quem me compra um jardim com flores? borboletas de muitas cores, lavadeiras e passarinhos, ovos verdes e azuis nos ninhos? Quem me compra este caracol? Quem me compra um raio de sol? Um lagarto entre o muro e a hera, uma estátua da Primavera? Quem me compra este formigueiro? E este sapo, que é jardineiro? E a cigarra e a sua canção? E o grilinho dentro do chão? (Este é meu leilão!)   Cecília Meireles  

Quando tudo isto acabar...

29.04.20, Olga Cardoso Pinto
Quando tudo isto acabar Vou beber um café Passear ao luar Fazer uma soirée Fazer poemas sem jeito Fazer o pino e até cantar Vou abrir o meu peito Escrever um livro a sonhar Desfiar uma história Letras bonitas oferecer Vou pintar uma memória Ilustrar um prazer Abrir a janela e sorrir Fazer o futuro brotar Dar-te a mão e sair Quando tudo isto acabar.  

Poesia de Primavera

28.04.20, Olga Cardoso Pinto
Porque é Primavera e há vida a correr lá fora   Sei um Ninho de Miguel Torga Sei um ninho. E o ninho tem um ovo. E o ovo, redondinho, Tem lá dentro um passarinho Novo. Mas escusam de me atentar: Nem o tiro, nem o ensino. Quero ser um bom menino E guardar Este segredo comigo. E ter depois um amigo Que faça o pino A voar...