Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Cor da Escrita

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Páginas onde a ilustração e o desenho mancham de cor as letras nascidas em prosa ou em verso!

Um cheirinho a Natal

Contos de Natal, o nosso livro

06.12.21, Olga Cardoso Pinto

Contos de Natal blogs sapo.JPG

 

"O menino sentiu aquele corpo fofo e quente que se aninhava na concha das suas mãos emitindo um som agradável. Levantou uma das mãos e rebrilharam-lhe os olhos quando viu o pequeno pássaro, branco, alvo como a neve que cobria os caminhos em volta da casa.
Maravilhado com o minúsculo ser que nas suas pequenas mãos se aconchegava, foi sentar-se à lareira com ela dormitando neste ninho feito de si. Assim ficou por momentos, enquanto a mãe ajudava a idosa a fazer a sua higiene.
Quando ambas as mulheres voltaram ao cómodo, encontraram o rapaz já nos braços de Morfeu e a ave nas suas mãos. As duas almas, de alva inocência, tinham sucumbido ao sono retemperador vivendo em sonhos as mais inimagináveis aventuras."

 

Excerto do meu conto A Estrela de Natal, inserida no livro de Contos de Natal da comunidade de bloggers do Sapo.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.